Anjos da guarda

Você poderia nos contar mais sobre os anjos da guarda?

O guia: Não há ser humano a quem Deus não tenha dado um guardião - nenhum. Muitos seres humanos negam esse fato. Eles acham que é uma superstição infantil. Eles são influenciados por uma imagem de massa atual que é uma reação a uma imagem de massa contrária que a humanidade sustentou há algum tempo. Então, os anjos da guarda e tudo relacionado a eles, foi distorcido para um extremo oposto.

Os humanos atribuem a responsabilidade por tudo às influências das entidades espirituais, boas ou más, e assim tentam contornar a responsabilidade própria. Aqui você tem duas imagens de massa opostas uma após a outra como ação e reação. Agora é moda sorrir com essas idéias. No entanto, todo ser humano tem um guardião. A força e o poder do guardião dependem do desenvolvimento e da tarefa de responsabilidade da pessoa no plano divino.

Os guardiões obedecem estritamente à lei divina. Eles interferem apenas de acordo com a lei e o plano pessoal de seu protegido. Caso contrário, eles não têm o direito de evitar um erro de julgamento ou decisão. Eles não podem evitar contratempos que podem ser um bom remédio e, portanto, ficam parados e observando. É sua tarefa guiar o seu protegido ao longo da vida de acordo com seus planos de vida pessoal, prevenindo apenas o que é contrário à lei de causa e efeito.

Como você sabe, um ser humano pode, com sua vontade, mudar o plano feito antes da encarnação. O guardião não impedirá isso, seja a mudança para o bem ou para o mal, mas zelará pelo protegido, para que seja afetado apenas pelo que trouxe à luz. Os guardiões sabem até onde podem e devem ir em orientação e inspiração.

Se e quando o ser humano der o primeiro passo na direção certa - aproximar-se de Deus de forma direta ou indireta - o guardião é livre para encontrá-lo com tudo o que for bom para esse fim. Se esse primeiro passo não for dado por vontade própria, o tutor não pode impor a decisão certa ao pupilo.

Quanto mais uma pessoa se volta para Deus, mais perto o guardião pode chegar do protegido. Quanto mais ele se afasta de Deus, mais longe fica o guardião. Isso não pode ser evitado. É apenas assim.

Existem também muitos espíritos ao redor de cada ser humano - espíritos desorganizados, espíritos que não são necessariamente maus, assim como espíritos malignos. Mas nunca se esqueça de que os espíritos ao seu redor não vêm arbitrariamente. Eles são atraídos a você por certas semelhanças básicas, embora o grau de bem ou mal possa variar amplamente e ser bastante diferente de seu estágio atual de desenvolvimento.

Portanto, você pode ter um espírito maligno ao seu redor, embora você não seja uma pessoa má. Mas certas correntes em você têm a mesma textura básica do espírito maligno que se apega a você. O mesmo se aplica aos espíritos divinos. O quanto um espírito desorganizado pode influenciá-lo é novamente com você. Quanto mais autoconsciência você tem, mais controle você tem sobre si mesmo e, portanto, mais independência da influência de outros seres, espirituais ou humanos.

Uma pessoa cuja consciência não foi elevada até certo ponto cairá facilmente sob a influência de outras pessoas, embora ela possa não estar ciente do fato. O mesmo se aplica à influência que os espíritos podem exercer sobre essa pessoa. O guardião muitas vezes é obrigado a observar. Em outros casos, o tutor pode impedir tal influência. Isso depende de tantas circunstâncias que não podem ser enumeradas aqui. Mas tudo está de acordo com a perfeição e sabedoria da lei divina.

 

Algum dos guardiões está entre as encarnações ou estão todos fora do ciclo das encarnações?

O guia: Depende do ser humano. Muitos seres humanos ainda não alcançaram o estágio em que possam seguir esse caminho de autodesenvolvimento ou cumprir uma missão espiritual. São pessoas que simplesmente levam o que você chamaria de vida normal, e aprendem e se desenvolvem lentamente por meio de sua experiência, ou permanecem imóveis.

Essas pessoas têm guardiães que, é claro, também são espíritos organizados, mas que ainda não saíram do ciclo das encarnações. Alguém que se desenvolve muito rápido e deseja seguir esse caminho e, no final das contas, cumpre uma missão, recebe um guardião superior e mais poderoso. Esses guardiões estão freqüentemente - nem sempre - fora do ciclo de encarnações.

Próximo tópico
Voltar para Índice analítico

Conheça as Palavra-chave, um e-book gratuito com as perguntas e respostas favoritas de Jill Loree do Pathwork Guide.
Visite Phoenesse para um Visão geral do trabalho de cura, conforme ensinado pelo Pathwork Guide.

Compartilhe