Editando as Palestras

QA255 PERGUNTA: Tenho o grande privilégio de trabalhar em estreita colaboração com as palestras. Especificamente, assumi a tarefa de editar as palestras. Meu objetivo é conseguir desembaraçar certos parágrafos complicados - gramatical e estilisticamente - e fazê-los fluir, sem no entanto alterar o significado, mas tentando esclarecer os conceitos. Em outras palavras, às vezes a linguagem atrapalha e precisa ser limpa e simplificada.

Eu me sinto muito conectada a esse trabalho. Senti o desejo de fazer esse trabalho há muitos anos, quando li a primeira palestra. No entanto, a responsabilidade é grande e gostaria de receber alguns comentários de vocês. Quando me sinto conectado à palestra em que estou trabalhando, pareço me tornar um com ela e, à medida que a leio, as palavras se arrastam e vão para o lugar certo como por mágica. Não tenho dúvidas então. Outras vezes, a tarefa é mais trabalhosa e tenho que sair de uma palestra com alguns pontos de interrogação em minha mente. Às vezes, sinto que editei demais, às vezes que não editei o suficiente. Você poderia comentar sobre a qualidade do trabalho em geral?

RESPOSTA: O trabalho que você está realizando com as palestras é excelente. Você está realmente cumprindo sua tarefa agora e sabe disso.

PERGUNTA: Você tem alguma sugestão ou dica que pode me ajudar?

RESPOSTA: Quando você tiver dificuldades, sugiro que se pergunte por quê. É algo que você não tem lidado em sua vida agora, que pode não ter qualquer relação com o material? Então você deve lidar com isso, porque a repressão o torna inquieto e difunde suas energias. Ou é algo no próprio material da palestra? Isso também precisa ser analisado.

Além disso, você precisa aceitar que nenhum trabalho pode fluir sempre de maneira uniforme e uniforme. Você é um ser humano e, como tal, está imerso em uma variedade de níveis que criam ritmos e fases. Os momentos em que o trabalho está mais difícil também podem servir a um determinado propósito e precisam ser aceitos, além do que eu disse antes.

PERGUNTA: Eu percebi que há uma grande irregularidade no fluxo. Existem alguns parágrafos que são joias, bonitos, simples e claros, e outros que estão bastante emaranhados. Isso tem a ver com onde o médium está, ou diretamente com você? Além disso, a médium pode usar palavras que ela normalmente não conhece ou usa, ou ela usa seu vocabulário normal? Ela tem a tarefa de formar as palavras, ou dar uma palavra a um conhecimento, um sentimento ou um conceito, ou é servida mais diretamente com as palavras?

RESPOSTA: Esses processos são extremamente complicados. Não existe uma resposta única. A humanidade da médium constitui uma parede espessa através da qual as vibrações mais sutis da verdade precisam passar - material que é totalmente estranho para ela, às vezes até palavras. Às vezes, apenas o vocabulário que ela possui pode ser usado, mas nem sempre é assim.

Houve muitos casos em que palavras não eram familiares para ela. Também aqui o fluxo varia. Às vezes, com certo material, em certos estágios de ritmicidade - e eles podem mudar de minuto a minuto - a verdade espiritual pode surgir poderosamente. Outras vezes, o processo é muito mais trabalhoso.

É por isso que quase sempre você encontrará em todos os médiuns que há uma verbosidade aparente. Há um período no início de uma mensagem em que literalmente parece ganhar força. Isso pode se manifestar na preparação de palavras, ou às vezes até sons.

PERGUNTA: Eu me comprometi a continuar meu trabalho com as palestras até que sejam todas novas, editadas e uniformemente digitadas e impressas em sua forma atual. Porém, visualizo as palestras logo sendo impressas em diversos formatos, em livro, por assuntos, etc. É hora de começar a pensar nesse sentido? Você tem alguma sugestão nesta área?

RESPOSTA: Eventualmente, a forma de um livro irá evoluir. Esse pensamento já ocorreu a muitos, porque é um resultado natural. No entanto, o momento ainda não é propício. Deixe-o evoluir mais naturalmente, mais organicamente. Talvez esta seja sua tarefa depois de terminar a edição do presente material. Você teria a preparação necessária para esta tarefa. Esta pode ser uma possibilidade a ser considerada. Seu profundo agradecimento, além de sua compreensão, o equiparia bem.

Também quero dizer aqui aos dois amigos que há muito tempo são os únicos a fazer o trabalho de edição, que o trabalho deles também foi bem feito e foi muito valioso. Simplesmente não é sua tarefa agora. Eles não devem se sentir tristes. Todos vocês são abençoados.

Próximo tópico

Compartilhe