Superioridade e inferioridade

QA162 PERGUNTA: Comecei a ver que essa criança dentro de mim faz muitas exigências - entre elas, o reconhecimento da minha superioridade. Isso está me causando muita dor no meu trabalho e no Pathwork em geral. Eu me pergunto se você poderia comentar sobre isso.

RESPOSTA: A dor dessa demanda só pode diminuir genuinamente quando você entender que por baixo dela existe uma dor mais profunda, e que a dor mais profunda é a sua convicção de sua inutilidade e de sua inferioridade. Onde quer que você não expresse esse fato presumido de sua inferioridade, você apenas faz de conta - coloca lã nos olhos das outras pessoas. Todo o seu objetivo interior está errado.

Você toma a inferioridade como um fato que nem pode ser questionado porque é um fato muito doloroso - você pensa que é um fato - e, conseqüentemente, todo o seu objetivo é direcionado para “como posso encobrir melhor isso e fazer de conta que o oposto?"

A menos que você enfrente esse nada presumido que acredita ser, não conseguirá lidar com o nível que acabou de discutir, porque só com uma disciplina ardente poderia tentar não fazer essas exigências para ser superior.

Tal disciplina é apenas uma cãibra, na verdade. Não significa o ser livre e genuíno, onde seu ser interior pode respirar e ser livre. Você só pode chegar a isso quando questionar a suposição - perguntar se é verdade.

Você tem que ver primeiro que bem no fundo - e como você vê isso ao redor - você acredita que não é nada. Isso tem que ser questionado. Ao questionar, você verá que é um erro. Mas, a menos que você questione, nunca poderá se convencer de que é um erro.

Você tenta se convencer de que isso é um erro, mantendo essa crença em segredo e impondo um falso nível de pretensa superioridade. Dessa forma, você não pode se convencer genuinamente de seu valor e, portanto, não pode estar emocionalmente confortável consigo mesmo e com os outros.

Próximo tópico

Compartilhe