Consciência | Geral

QA154 PERGUNTA: Eu tenho duas perguntas em relação à última aula [Aula # 154 Pulsação de Consciência] Eu não acho que entendo completamente o conceito de consciência - se isso realmente significa uma consciência mais completa de si mesmo e da sua realidade. Isso significa que às vezes se tem uma compreensão mais plena e outras vezes uma compreensão menor?

RESPOSTA: A consciência é tudo o que está vivo. O grau de consciência depende do grau de desenvolvimento. Como já disse em outro lugar, a consciência de um mineral é tão mínima que ele ainda nem sabe que não se sente como consciência.

A consciência aumenta à medida que o organismo vital se torna mais complexo. Também podemos dizer o contrário. O organismo vital se torna mais complexo à medida que o grau de consciência aumenta.

Agora, um animal tem um grau de consciência maior do que o mineral, por exemplo, ou a planta. Mas ainda não possui autoconsciência no sentido de saber que existe. Existe, se vê, mas não se conhece. O homem é o primeiro que possui autoconsciência. Sua posse de autoconsciência novamente varia.

A pessoa muito subdesenvolvida e espiritualmente imatura tem autoconsciência, é claro, mas não a tem no mesmo grau. Sua consciência de si mesmo, do que se passa nele, do que ele vê e por que vê isso, de como ele responde ao seu ambiente e por que ele responde de certas maneiras, do ambiente em seu próprio direito, dos outros, da natureza , das leis da natureza - tudo isso depende muito. E, novamente, além do escopo humano, o grau de consciência é muito mais estendido.

Agora, uma vez que consciência e vida são uma, a pulsação deve fazer parte disso. A vibração da pulsação depende do grau de consciência. Quanto mais baixa a consciência, mais lenta é a taxa de pulsação ou vibração.

Talvez seja comparável à rotação de uma hélice. Quando a hélice gira extremamente rápido, as pás não podem ser distinguidas, porque a taxa de vibração é tão rápida que você não consegue ver as pás. Acontece o mesmo em relação ao olho humano. A taxa vibratória é muito alta de uma entidade cujo grau de consciência ultrapassa o do humano, então você não pode ver - você não pode ver a taxa vibratória.

Há uma conexão direta entre consciência e pulsação, não apenas no sentido de que ambos são aspectos da vitalidade, mas também porque estão inter-relacionados por uma interdependência.

PERGUNTA: Mas a pessoa não está realmente consciente de sua pulsação; não é algo que a gente percebe que a consciência deles varia, certo?

RESPOSTA: O propósito da última palestra foi projetado para trazer a você uma certa quantidade de consciência, não sobre a pulsação em si, mas sobre o que causa a pulsação - e isso é o movimento da alma. É a sua relação com a vida, com as coisas que acontecem com você, que causa a pulsação adequada.

A pulsação é importante no sentido de que é indicativa da saúde de um organismo vivo, assim como no nível físico um médico verifica a pulsação de um paciente para determinar certos estados de saúde física. É semelhante no que diz respeito à saúde espiritual do ser humano.

Se você perceber que a pulsação harmoniosa é o resultado de um movimento harmonioso da alma, ela lhe dará uma maneira de verificar a si mesmo. Você não se torna necessariamente consciente da pulsação espiritual em si, mas pode se tornar consciente do movimento da alma. E quando você está ciente do movimento da alma, cada vez mais, você se torna mais saudável porque essa consciência promove a saúde. Você, então, sentirá seu eu espiritual pulsar em vez de ficar entorpecido.

À medida que você se torna mais saudável, em geral, a inter-relação entre sua mente, seu espírito, suas emoções e seu corpo se unifica. Seu corpo e todo o seu ser - tudo - se torna mais vibrante e vivo. Você até usa essa expressão em sua linguagem, que geralmente é muito reveladora e significativa.

Agora, essa consciência da pulsação é algo que realmente ocorre, que não deve ser feito de uma forma analítica e intelectualmente investigativa. É algo que se manifesta em você por sua sensação de vivacidade, por sua sensação de vibração em você mesmo.

Próximo tópico

Compartilhe