Ficando doente

QA197 PERGUNTA: No passado, sempre que fazia qualquer progresso neste Caminho, ficava doente, contraía-se e era muito destrutivo. No momento, estou enfrentando um pouco de dor e tenho medo de cair no mesmo velho padrão de ficar doente. Pode me ajudar?

RESPOSTA: Traga aquela voz que diz: “Não quero dor, decepção, dificuldades”. Deixe sair, real e verdadeira e completamente. Expresse! Ao mesmo tempo, saiba que é tolo, injusto e que é a fonte do seu sofrimento.

Visto que essa voz reivindica algo especial, algo covarde, algo arrogante, por assim dizer, ela, portanto, faz você se sentir indigno de felicidade - de modo que você se encontra em um círculo vicioso. Você não consegue suportar o prazer e a felicidade - você os afasta. E, subsequentemente, você está tão privado que se torna mais exigente de privilégios especiais e mais rejeitado pela dor que inflige a si mesmo.

Portanto, meu conselho é três etapas específicas. Passo número um, confira as demandas totalmente injustas da criança em você. Etapa número dois, veja claramente como isso é injustificado, exigente e injusto - e como isso é impossível e como isso prejudica você. Mesmo que você não possa conectá-lo em sua consciência, você pode tentar fazer as conexões, uma vez que é uma demanda injusta emitida para o universo. Você deve então perceber que nega o prazer a si mesmo e se sente desconfortável com o prazer; você se sente inseguro com o prazer.

Essa segunda etapa de conexão o levará à terceira etapa, e as três etapas podem ser realizadas alternadamente ao mesmo tempo e você mesmo pode verificar todas essas etapas. O terceiro passo seria você declarar: “Não desejo privilégios especiais. Tenho dentro de mim as coisas para sentir meus sentimentos, para pagar o preço, para superar os sentimentos residuais que acumulei em mim. Quero desistir da negatividade e sou capaz de ter prazer e felicidade. Eu me abro e peço ao espírito universal em mim que me ajude a me aclimatar à felicidade para que eu não me apegue à infelicidade e ao sofrimento. ”

Próximo tópico

Compartilhe