Medo de compromisso

QA257 PERGUNTA: Recentemente, estou passando por um conflito no nível externo entre meu trabalho no Centro e meu treinamento em terapia muscular. Esse conflito específico já ocorreu uma vez, e conflitos ou divisões semelhantes têm sido um padrão em minha vida. Simultaneamente a isso, estou passando por um problema de disco no nível da coluna que corresponde ao centro da vontade relacionado à auto-estima.

Essa manifestação física resultou em dor e fraqueza em meu braço esquerdo. Sei que essa realidade externa é uma manifestação de desarmonia interna e sinto grande dor e confusão. Não tenho conseguido ter uma noção real do conflito interno subjacente. Embora tenha medo de ouvir palavras que possam abalar minhas idéias e crenças, sinto profundamente a necessidade de ajuda e também sinto o lugar em mim que está aberto e pronto para receber sua orientação.

RESPOSTA: Meu caro amigo, muitos de seus conflitos a esse respeito são simplesmente resultado de seu medo de se comprometer. Isso pode soar como um clichê e, para dar mais vida às minhas palavras, tentarei ser mais específico. Você tem medo de errar quando tem que fazer uma escolha, então você vacila, não se posicionando totalmente. Esta é a fraqueza interna e a falta de espinha dorsal que agora também se manifesta em um nível externo.

A única maneira de ter certeza de que a escolha é a certa a qualquer momento é se render completamente à vontade de Deus e confiar em sua orientação. Você também se sente relutante em fazer isso, porque presume que, se realmente descobrir e cumprir a vontade de Deus, nunca encontrará dificuldades. As dificuldades são, para você, um sinal de que você fez uma escolha errada.

E se você fez uma escolha errada, apesar de pedir a vontade de Deus, então você presume que não pode obter a vontade de Deus, que você não tem o canal ou que não é bom o suficiente, então você prefere não pedir nada. É muito assustador sentir que você deve obter resultados perfeitos - resultados que fornecem apenas o que é imediatamente fácil e livre de esforço.

Visto que em seu coração você sabe que isso dificilmente pode ser esperado, você evita dar um passo em direção a qualquer coisa plenamente, incluindo render-se à vontade de Deus. Tenha coragem para fazê-lo, e tenha maturidade e sabedoria para saber que uma escolha pode ser certa em um determinado momento, mesmo que apresente algumas lutas, enquanto, posteriormente, outra alternativa poderá ser acertada.

Próximo tópico

Compartilhe